Sapato 43

Associação Cultural para a Construção do Conhecimento pela Arte


Deixe um comentário

Concerto – Canções entre os prédios

CasaViva, Sábado, 20 Setembro, 21:00 – Entrada Livre

08

Stéphane Blok – voz, guitarra
Gergely Suto – ipad, clarinete

“Canções entre os prédios”, de Stéphane Blok, na interpretação de Stéphane Blok e Gergely Suto.
O simpático professor Eugénio Kovaç convida o famoso cançoneiro francófono Stéphane Blok para uma interpretação lúdica e indisciplinada do seu cíclo “Canções entre os prédios” numa versão a duo. Guitarra fretless e noise generator, vozes e clarinete afogados na reverb sintética. Letras que fazem sentido para quem compreende.

Concerto puxado no horizonte.

CasaViva

Anúncios


Deixe um comentário

Conviver com a literatura “pela mão de um amigo”

Cerromaior

“70 Anos depois de Cerromaior de Manuel da Fonseca, convidamos-te à conferência/debate intitulada Pela Mão de um amigo” em que Pedro Estorninho nos vai falar da sua experiência literária e afectiva com o escritor.
Já Stendhal, citando Saint-Réal dizia-nos que O romance é um espelho que se [o autor] passeia pelo caminho. Com Cerromaior (1943), o primeiro romance de Manuel da Fonseca (1911-1993), o espaço de ficção inspirado numa realidade social, cultural, económica e política apela à compilação dos topos imaginários da literatura portuguesa.
Num momento em que nacionalismos extremistas e sistemas totalitários cresciam e espalhavam os seus tentáculos devastadores, Manuel da Fonseca, juntamente com outros escritores da época, estava empenhado na obstinada recusa de ser feliz num mundo agressivamente infeliz, uma ânsia de dádiva total e o grande sonho de criar uma literatura nova, radicada na convicção de que, na luta imensa pela libertação do Homem, ela teria um papel estimável a desempenhar contra o egoísmo, os interesses mesquinhos, a conivência, a indiferença perante o crime, a glorificação de um mundo podre (DIONÍSIO, Mário – prefácio a Obra Poética de Manuel da Fonseca, 1984, p. 21).
Assim, pela mão de um amigo vamos conviver com a literatura e as vivências que nos ensina!
5ª, 13 fevereiro 21:30 entrada livre
CasaViva, praça Marquês  Pombal, 167, Porto

Bate à porta!


Deixe um comentário

Recital de piano na CasaViva

cartaz recital filme31_01

Janeiro na CasaViva termina com um recital de piano de Ana Kennerly:
. Suíte Francesa Nº 2 em Dó menor, BWV 813 de J.S.Bach 
. 1º andamento da Sonata No. 13 em Dó bemol maior, K. 333 Mozart 
e algumas surpresas…

e um Filme:
A little nightmare Music [59’] 2008
de Riso Garantido com Igudesman&Joo

e Vinho Quente para aquecer as pessoas que se esqueceram da mantinha!


Deixe um comentário

Festival feminista

CasaViva, sábado, 25 janeiro 16h00 entrada livre

NAO E NAO
Atividades permanentes:
Exposição “Mulheres” da Bixu
Instalação artística da Mescla
Banca de Fanzines, patches e Cds
Artes várias feministas
Petiscos e bebidas
Sala Museu com projeção de videos

Atividades com horário definido:
17h30 Debate “Amor Romântico Vs Amor livre”
19h00 Teatro: “Máquina reprodutora, borralheira, princesa e secretária tiram férias e roem a corda” com Daniela Gama, Diana Dionísio e Susana Baeta.
20h30 Concerto performance “Vehículo matéria flecha e voz” + Exposição da Sem Forma Fabiola
21h00 Jantar
21h30 Concerto do Corisco

Organiza Coletivo Feminista Bala Roxa